pos_doc2013_thumbO Pós-Doc de setembro será realizado na Sala João do Rio, localizada na Faculdade de Letras da UFRJ (Fundão). Segue a programação e veja neste link como chegar no Fundão:

26 de Setembro

13h30 Abertura

14h /14h45 – Apresentação de relatório final Octavio Carvalho de Aragão Junior: “Visões do futuro do pretérito, a ficção científica nos quadrinhos brasileiros”. Supervisão: Heloisa Buarque de Hollanda

Sinopse: O artigo busca uma ponte entre a produção de narrativas ficcionais de temática cientificista e os desenhos humorísticos desenvolvidos no Rio de Janeiro, Brasil, no final do século XIX por artistas como Angelo Agostini e Bordalo Pinheiro e na primeira metade do século XX. Essas historietas publicadas em periódicos semanais impressos em litografia, destinavam-se a informar e divertir, repercutindo o olhar da época, muitas vezes desinformado e caricatural, sobre as influências das novidades da ciência no cotidiano do então império e especulando como seria o futuro. Ainda discorreremos a respeito da linguagem dessas revistas ilustradas e de charges publicadas até a década de 1930, que antecipavam elementos que se desenvolveriam no século seguinte e colaboravam, mesmo que inadvertidamente, para popularizar conceitos tecnológicos e imagens ainda distantes da realidade do país, sempre mescladas a conceitos de construção de uma identidade brasileira. Finalmente chegamos à contemporaneidade, destacando os trabalhos de dois autores, Luiz Gê e Laerte, que incorporam e dialogam com elementos da ficção científica em histórias em quadrinhos filosóficas, e os alguns dos artistas dos anos 2000, como Danilo Beyruth e Manoel Magalhães

 14h45 / 15h45– Debate em formato Call for Problems. 

15h45 / 16h– Intervalo

16h /16h45 – Apresentação de relatório final Maria Beatriz da Rocha Lagôa: “Um estudo sobre temas de História da Arte nos meios digitais”. Supervisão: Heloisa Buarque de Hollanda

Sinopse: “Projeto gráfico que visa o apoio didático de alguns temas de História da Arte, conjugando-se à capacidade de memória, agenciamento e interatividade que o meio digital oferece. Na exposição dos temas é proposto o entrecruzamento de informações em sites, textos, imagens, vídeos e filmes, passíveis de serem apreendidos em dispositivos que permitam a mobilidade e o fácil ingresso em um ambiente múltiplo e participativo”.

16h45/ 17h45. – Debate em formato Call for Problems.

Por favor, confirmem presença.