Haroldo César de Castro Silva, fiscal da Comlurb e quebradeiro, descobriu a Biblioteca Parque de Manguinhos meio sem querer. Isso foi em 2010. Desde então frequentou aulas de teatro e cordel, leu um bocado e agora realiza o sonho de escrever um livro. Em Vida de gari, lançado na própria biblioteca no último sábado, 09.06, Silva conta a sua história. Abaixo, o convite do lançamento e a nota publicada na coluna Informe do dia, do jornalista Fernando Molica, no jornal O Dia do último domingo, 03.06.