Conferência Psicopolítica e Emancipação Intercultural: a questão Galiza, Brasil e Lusofonia

Local: Colégio Brasileiro de Altos Estudos.UFRJ
Endereço: Avenida Rui Barbosa, 762, Flamengo, Rio de Janeiro
Data: 13 de dezembro
Site: http://is.gd/NzfGyW
E-mail: evandro.vieira.ouriques@gmail.com
Telefone: 21.9205.1696
Informações principais

Por Evandro Vieira Ouriques

Realização
Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência.NETCCON.ECO.UFRJ

Apoio Institucional
Academia Galega da Língua Portuguesa
Programa Avançado de Cultura Contemporânea.PACC.FCC.UFRJ
Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Instituto Cultural Brasil Galiza

Você sabe que a origem da língua brasileira é inequivocamente galaico-portuguesa e não portuguesa? Quais os efeitos políticos e culturais que este esquecimento tem no dia-a-dia de nossas decisões, e portanto de nosso futuro, tão ameaçado pela mentalidade desenvolvimentista tanto da direita quanto da esquerda, e que tende a violar os Direitos Humanos e os Direitos da Terra de quem o recusa ou o questiona? Que oportunidades se abrem com o resgate desta verdade histórica? Quais as suas aplicações práticas na construção da identidade, do trabalho autoral, da colaboração, da sustentabilidade?

Nesta conferência, que será realizada no Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ (gratuita, com Certificado), o Prof. Evandro Vieira Ouriques vai aplicar a perspectiva psicopolítica, com a qual procura contribuir para o avanço dos Estudos Culturais e da Economia Política, nesta questão, mostrando porque ela é a melhor convergência para a ação emancipatória frente à captura dos territórios mentais pela insustentabilidade e pela irresponsabilidade do desenvolvimentismo.

E, assim, ele examinará a questão estratégica que envolve Galiza, Brasil e Lusofonia: como superar o efeito devastador do estado mental chamado “crescimento ilimitado” e fortalecer este bloco, o Lusófono, que caminha a cada dia mais na direção de ter grande importância para o futuro da humanidade?

Evandro vai mostrar como tal estado mental é construído, e só assim pode ser desconstruído, com operações psicológicas para gerar efeitos políticos (como fazem a pedagogia da opressão, a dupla panóptica da concentração de mídia aliada à da vigilância digital, a neurociência para fins políticos e mercadológicos e a atual geração da guerra, a psicológica) e incluem para isto a cartilha do sujeito do auto-controle e dos balanços anuais.

A conferência trata, então, de como fazer a apropriação emancipatória desta cartilha que, liberta do ataque epistemocida inserido no primeiro de seus cincos treinamentos, permite que Galiza, Brasil e Lusofonia (reintegrados) dêem exemplo ao mundo de como emancipar a comunicação intercultural.

Esta Conferência é uma realização do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência.NETCCON.ECO.UFRJ, com o Apoio Institucional da Academia Galega da Língua Portuguesa, do Programa Avançado de Cultura Contemporânea.PACC.FCC.UFRJ, do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ e Instituto Cultural Brasil Galiza. Dia 13 de Dezembro, das 15h às 18h, a entrada é gratuita, com Certificado, e acontecerá no Colégio Brasileiro de Altos Estudos.UFRJ, que fica à Avenida Rui Barbosa, 762, Flamengo, Rio de Janeiro. Neste link vc tem o mapa de como chegar http://is.gd/NzfGyW

Evandro Vieira Ouriques
É Acadêmico Correspondente da Academia Galega da Língua Portuguesa; Coordenador do NETCCON.Núcleo de EstudosTransdisciplinares de Comunicação e Consciência.Escola de Comunicação.UFRJ e líder de seu Grupo de Pesquisa CNPq; Supervisor de Pesquisas de Pós-Doutorado em Estudos Culturais pelo PACC.Programa Avançado de Cultura Contemporânea.UFRJ; Vice-coordenador do GT Comunicación y Estudios Socioculturales.ALAIC-Associación Latinoamericana de Investigadores de la Comunicación; e Pesquisador Associado de dois outros Grupos de Pesquisa CNPq no Brasil (na UFJF, sobre Estruturas Míticas e Simbólicas, e na PUC.SP, sobre Gestão de Conhecimento, Valores e Consciência); do International Policy and Research Group ​on Territories of Social Responsibility, da UFF e University of Monfort Leicester, UK; do Proyecto FONDECYT n° 1120904, Ministerio de la Educación, Chile;
do Nonkilling Political Science Research Committee.Center for Global Nonkilling, EUA; e da International Society for Iberian-Slavonic Studies. É Membro da Diretoria da Zulu Nation Rio de Janeiro e Diretor do Quinto Elemento da Zulu Nation Portugal. Tem muitas publicações, no Brasil, Portugal, Reino Unido, Dinamarca, Chile, Colômbia, Estados Unidos e Espanha. Entre suas publicações estão Diálogo entre as Civilizações: a experiências brasileira, que organizou para a ONU e a UNESCO, em 2002, e seu livro sobre Psicopolítica, Comunicação e Cultura, que sairá no Chile no próximo ano. Mantém convênios com a ANDI.Comunicação e Direitos, e com o Coletivo Brasil de Comunicação Social.Intervozes, o Laboratório de Políticas de Comunicação.LaPCom.UnB, a UNESCO-Brasil e o International Programme for the Development of Communication.UNESCO. Recebeu por seu trabalho a Menção Honrosa do Prêmio Jeca Tatu, da Propeg/Academia Brasileira de Letras, em 1984; o título de Melhor Acadêmico do Mundo, o Best Scholar 2010, do Reputation Institute, de NY; o título de Guerreiro Zulu, da Universal Zulu Nation, Brasil, em 2011; e foi eleito Acadêmico Correspondente da Academia Galega da Língua Portuguesa, Galiza, em 2012.

Mais informações: 55.21.9205.1696